Entrevista de Emprego por video-conference: Como Proceder?
0
 
0 Flares LinkedIn 0 Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Migrar é a palavra que anda de boca em boca entre os Brasileiros, por isso candidatar-se a um estágio ou um emprego no estrangeiro é uma etapa hoje normal na vida de qualquer estudante. E muito provavelmente só conseguirá o lugar depois de ser entrevistado através do Skype. Esta ferramenta é cada vez mais usada pelas empresas para conhecerem os candidatos que estão em outras cidades ou países. Nos Estados Unidos, uma sondagem do Aberdeen Group constatou que 42% das empresas já usam as entrevistas por vídeo nos processos de recrutamento, comparado com apenas 10% em 2010. A grande questão é que estar no conforto da sua casa, em vez de ser questionado numa sala de uma grande multinacional, não é necessariamente uma vantagem, a menos que esteja atento aos detalhes.

A PRIMEIRA IMPRESSÃO MARCA
O primeiro elemento que o entrevistador terá sobre si é o endereço de Skype. Tal como não deve usar um email do gênero [email protected] ou [email protected], também deve ter um endereço de Skype e uma foto que lhe dêem credibilidade e não levem o recrutador a pensar que estará perante alguém que ainda não saiu da adolescência.

ATENÇÃO AO QUE VESTE
Um princípio que não falha: esqueça que está em casa e vista-se como se a entrevista fosse na empresa, às 9h da manhã. Há recrutadores que já passaram pela experiência bizarra de entrevistar pessoas em calças de pijama! Só porque sabe que no ecrã apenas aparecerão o seu rosto e o tronco, nunca pense que está a salvo, pois a qualquer momento pode ter de levantar-se e será apanhado numa €figura ridícula, que revela desleixo e falta de investimento na entrevista.

SEJA O REALIZADOR DO SEU FILME
Escolha bem o local, tenha atenção à luz e teste a rede e o som antes da entrevista. Evite fazer a entrevista numa zona com pouca rede, mesmo que lhe pareça a mais bonita da casa. Em relação ao local, é crucial ter em conta o cenário atrás de si, pois também vai estar na mira do recrutador. Tenha atenção a roupa estendida, roupeiros abertos, uma parede com posters de jogadores ou mulheres em poses sexy, uma cama por fazer…

NÃO PERMITA INTERRUPÇÕES
Certifique-se que o gato, o cão, o irmão mais novo e o mais velho, a mãe, a empregada, ninguém se aproxima de si ou faz qualquer ruído enquanto estiver a ser entrevistado. Se for preciso, ponha toda a gente fora de casa, desligue os telefones e feche a porta do local onde está para não se ouvir sequer a campainha da porta.

DESENVOLVA SEU AUTOCONHECIMENTO E CONQUISTE AS MELHORES OPORTUNIDADES

TENHA TUDO À MÃO
Tenha o currículo e qualquer outro documento ou instrumento que possa fazer-lhe falta, por perto. Se tiver iPad ele pode ser-lhe útil para mostrar um trabalho que desenvolveu na faculdade, ou procurar um site relevante para a conversa. Ter o CV na secretária ajuda a clarificar datas, avaliações, nomes de empresas onde já tenha estagiado ou da faculdade onde fez Erasmus. Lembre-se que ao levantar-se para ir buscar qualquer coisa, o entrevistador vai aproveitar para ver emails ou adiantar qualquer assunto, e pode não reconquistar mais a sua atenção a 100%.

PREPARE A ENTREVISTA
É fundamental estar bem informado sobre a empresa ou escola a que se candidata. E não se €que pelas informações na Wikipedia. Vá ao site da organização e leia-o de uma ponta à outra. Numa sondagem feita pelo LinkedIn, 52% dos utilizadores inquiridos apontou como um dos maiores erros nas entrevistas, o facto de os candidatos não saberem o su€ciente sobre as empresas. Da mesma forma, fazer perguntas irrelevantes é outro erro crasso. Perguntas como ‘o estagiário tem cumprir o mesmo horário que os colaboradores?’, ‘seguem o casual Friday?’ ou ‘têm o hábito de dar o dia de aniversário aos empregados?’ não interessam nada.

TENHA UM PLANO B
Pense numa espécie de guião para o caso de o entrevistador lhe pedir para falar, sem fazer muitas perguntas. Alguns recrutadores usam essa estratégia para testar a confiança dos candidatos e a sua organização mental. Anote tópicos numa folha que €ca ao seu lado, e a partir dos quais pode elaborar uma apresentação interessante sobre o seu percurso, valores e ambições.

CUIDE DA POSTURA
O fato de não estar frente a frente com o entrevistador numa sala, pode levá-lo a descuidar a postura, transmitindo falta de interesse pela conversa, de autoconfiança, e insegurança. Treine a postura antes da entrevista, para que pareça natural e agradável.

AGARRE A AUDIÊNCIA
O cenário já não é brilhante, pois não há aquele contacto mais caloroso da presença física, e os alertas de emails estão constantemente a cair no mesmo ecrã onde o entrevistador o está a ver. É fundamental captar a atenção dele, com uma conversa com ritmo, uma voz vibrante e um ar entusiasmado.

NÃO USE O ENDEREÇO PARA NOVAS ABORDAGENS
Assim que termina a entrevista, deve esquecer o endereço Skype do recrutador. Tentar um contacto posterior pode ser encarado como abusivo. Se precisar de alguma informação, telefone ou peça-a por email. O mesmo se aplica se quiser agradecer a entrevista – em muitos países, como os Estados Unidos, enviar um email de agradecimento é algo muito bem visto. Na sondagem do LinkedIn, não enviar uma nota de agradecimento ao recrutador foi apontado como um dos erros que se cometem numa entrevista de emprego.

Entrevista de Emprego por video-conference: Como Proceder?

Como Podemos Apoiar Seu Desenvolvimento Profissional?

Os campos marcados com * são obrigatórios